Santa Mônica lança Cartão Saúde


Santa Mônica lança Cartão Saúde O Centro Hospitalar Santa Mônica lançou na última terça-feira (6), o "Cartão Saúde", um novo método, que permite oportunizar as pessoas que não possuem um plano médico, a usufruir de consultas com especialistas em várias áreas. 

De acordo com médico urologista, Dércio Nonemacher, que é um dos diretores administrativos do centro hospitalar, o novo sistema deve gerar até 50% desconto em procedimentos da unidade. "Nós da direção do Santa Mônica, decidimos fazer um lançamento a nível regional, de um cartão de acesso a qualidade de saúde, que podemos oferecer a nossa comunidade", ressaltou. 

A novidade também será válida para exames laboratoriais, radiológicos, consultas médicas e internações hospitalares, oportunizando assim que os pacientes possam realizar todos os procedimentos em um só lugar.  É o que destaca o médico urologista, que também atua como diretor do Santa Mônica, Antônio Todeschini. " Esta é uma oportunidade a mais do paciente ter acesso a serviços de ponta, que oferecemos, como por exemplo a medicina nuclear e quarto de iodo terapia, que auxilia no tratamento do câncer tireoide, entre outros. Tudo isso a um preço muito acessível ", finaliza. 

Para adquirir o "Cartão Saúde", do Centro Hospitalar Santa Mônica, basta se dirigir até o hospital, conversar com os profissionais responsáveis e realizar o cadastro juntamente com o pagamento com preço acessível que é válido para um ano.

Santa Mônica

O Centro Hospitalar Santa Mônica objetiva o atendimento especializado em diversas especialidades médicas que integradas proporcionem excelência em prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças, dentro de uma estrutura física condizentes a estes propósitos. Reunindo diferentes especialidades, é um Centro de Saúde que atua de forma integrada, proporcionando facilidade de acesso, comodidade e agilidade para os usuários, clientes e profissionais.

Inaugurado em 1996, hoje conta com serviços de referência visando qualificar a saúde na região com tecnologia de ponta e profissionais qualificados permitindo aos pacientes/clientes o acesso aos recursos de tratamento e diagnóstico e aprimorando a relação médico-paciente.

Matéria Retirada do Jornal Bom Dia, 07/03/2018.

Em: 09/03/2018