Medicina do Sono

Especialidade

Medicina do Sono


Ronco: O que você precisa saber:

1. O que é ronco?
Ronco é a vibração das vias aéreas altas (nariz e garganta) em decorrência de uma dificuldade da passagem de ar. 

2. O ronco é prejudicial à saúde?
Pode ser prejudicial, pois muitas vezes leva a fragmentação do sono (múltiplas “quebras” muito breves do sono), levando a sonolência diurna. Quando o ronco tem um caráter ressuscitativo pode ser indicativo de apnéia do sono. 

3. O que é apnéia do sono?
São pausas respiratórias maiores que 10 segundos, seguidas de forte inspiração e muitas vezes, de pequeno movimento no leito. Geralmente acarretam redução de oxigenação sanguínea e com isso podem aumentar o risco cardíaco, além de também ocasionarem fragmentação do sono e sonolência diurna.

4. O que é insônia?
Insônia é a dificuldade de iniciar ou manter o sono. Tem como conseqüência a sonolência diurna. Muitas vezes a insônia é transitória e aparece em resposta ao estresse (ansiedade/ depressão/ dor/ temperatura/ ruídos/ luminosidade), ou também devido a algumas medicações ou doenças específicas. 

5. O que são parassônias?
Parassônias são manifestações noturnas em forma de movimentos e/ ou comportamentos anormais durante o sono, que resultam em interrupções do sono. Podem ser repetidas e perturbadoras da dinâmica familiar. As principais parassônias são: despertar confusional, terror noturno, sonambulismo, pesadelos, distúrbios alimentares noturnos, distúrbio comportamental do sono movimento rápido dos olhos (REM) e algumas outras mais específicas.  

Apoio as múltiplas especialidades
A Unidade de Medicina do Sono do Santa Mônica recebe pacientes encaminhados por médicos de diversas especialidades: Pneumologia, Nefrologia, Otorrinolaringologia, Bucomaxilofacial, Neurologia, Cardiologia, Clínica Médica, Psiquiatria, Reumatologia e outras.
A Polissonografia é capaz de registrar e comparar as diferentes variáveis biológicas durante o sono e auxiliar no diagnóstico e acompanhamento de inúmeras condições clínicas como: ronco, apnéia, distúrbios ventilatórios e respiratórios, doenças cardiovasculares, alterações dos movimentos durante o sono, fibromialgia, epilepsia noturna, sonambulismo terror noturno e outras. 

Tecnologia
O Serviço de Medicina do Sono do Centro Hospitalar Santa Mônica possui um polígrafo digital de 40 canais interligado a outros equipamentos periféricos.
O conjunto de recursos disponíveis nesta unidade, se diferençia por apresentar um alto poder de resolução.

 “Transdutores de pressões de fluxos nasais e orais”.
Os equipamentos permitem a captação simultânea de som e imagem por câmera de infravermelho e zoom de alta definição, possibilitando a observação de mínimos movimentos. Por este motivo, a eficiência do diagnóstico é muito maior quando realizado em ambiente hospitalar. 

O sono é indispensável para o organismo. É neste período que o indivíduo se restaura física e mentalmente. No entanto, distúrbios derivados de sua privação têm sido cada vez mais freqüentes, com prejuízos sensíveis na qualidade de vida da saúde, interferindo nas atividades diárias das pessoas.
Pensando nisso, o Centro Hospitalar Santa Mônica criou a Unidade de Medicina do Sono, com o objetivo de proporcionar diagnósticos precisos, aliando a excelência técnica, instalações confortáveis e a mais moderna tecnologia.  

Equipe Técnica:

Fisioterapeuta Daniel Santos

Dr. Leandro Gritti

Dr. Paulo Dall' Agnol

Dr. Paulo Pasquali

Dr. Rafael Badalotti

Dr. Rafael Camera

Profissionais Responsáveis


Leandro Antonio Gritti
Leandro Antonio Gritti
CRM 21.113
Medicina do Sono
Paulo Pasquali
CRO/RS 18767
Medicina do Sono
Paulo Roberto Dall'Agnol
CRM 12.068
Medicina do Sono
Rafael Badalotti
CRM 26.328
Medicina do Sono
Rafael Camera
CRM 25.297
Medicina do Sono

Apoio


Daniel Santos
Daniel Santos
Fisioterapeuta CREFITO 109578
Sirlei Dariva
Técnica em Enfermagem COREN/ RS 253160/ Crédito: Stampha
Vera Lucia Morandi
Secretária Administrativa/ Crédito: Stampha